O Brasil é um país imenso e tem ganho algum destaque nos últimos anos com os aficionados das caminhadas e trails devido à imensa oferta. Normalmente, esta atividade é feita em grupo mas existem cada vez mais pessoas que fazem caminhada sozinhos. E porquê? Existem várias razões para tal, como:

  • saúde mental: se for sozinho terá tempo para relaxar, meditar e contemplar.
  • melhorar as suas competências/habilidades: como não depende de ninguém terá de encontrar o caminho sozinho, cozinhar para si… Todas as decisões serão tomadas por si.
  • vai ao seu ritmo. Não tem de acompanhar o ritmo de ninguém (nem mais rápido nem mais lento).
  • flexibilidade: pode escolher o seu caminho a seu gosto e pode ainda decidir coisas como quando ou onde pára de caminhar.
  • desafio: tem a oportunidade de partir numa grande aventura consigo mesmo.
  • contacto com a natureza: poderá embarcar numa aventura em que passará umas horas ou dias em completa comunhão com a natureza.
  • desafiar os seus medos.
  • ser responsável pelo seu caminho: para o bem e para o mal, é o único responsável pelo sucesso do seu caminho. Aproveite, pois é uma experiência única.

Pedra da GáveaExistem muitas caminhadas e trails que pode fazer sozinho no Brasil. Como não é possível falar de todas, ficam aqui alguns que pode fazer na cidade do Rio de Janeiro:

  • Pedra da Gávea: este trilho de trekking de 7h na floresta da Tijuca tem uma subida total de 842 m. Aqui encontrará as melhores vistas da cidade.
  • Morro da Urca: é neste morro que está inserido o Pão de Açúcar. É uma caminhada de 30 minutos (ida), sem grandes dificuldades.
  • Pedra Bonita: o topo desta zona é bastante conhecido para fazer parapente. É um trilho de dificuldade moderada que demora cerca de 40 minutos (ida). Procure pelas indicações da Trilha da Pedra Bonita.
  • Corcovado (Cristo Redentor): este trilho começa no Parque da Lage e demora cerca de 1h30. É um trilho de dificuldade moderada, mas tem de comprar o bilhete para subir à base do Cristo.